História do Serviço Social II

Nos anos 1940 e 1950, o Serviço Social brasileiro passou a receber grande influência norte-americana, sendo muito marcado pelo tecnicismo. Nessas décadas, se destacou uma base positivista, funcionalista e sistêmica, que bebia na fonte da psicanálise e da sociologia.

Entre os anos 60 e 70, iniciou-se um movimento de renovação da profissão, que buscou a reatualização do tradicionalismo profissional e uma ruptura com o conservadorismo. Porém essa reatualização ainda se mostrava conservadora e tecnocrática. Na mesma época surge os Seminários de Araxá e Teresópolis ( que veremos nos posts brevemente).

Para imprimir clique abaixo



historia_do_serviço_social_II
.pdf
Download PDF • 351KB

#historiadoserviçosocial




74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo