top of page

Robert Castel: Um Pioneiro da Teoria da Exclusão Social

Atualizado: 6 de mai.


Robert Castel (1933-2013) foi um sociólogo francês que se dedicou ao estudo da exclusão social, especialmente no contexto do capitalismo contemporâneo. Sua obra, marcada por uma análise crítica das transformações do mundo do trabalho e das políticas sociais, influenciou profundamente o debate sobre as desigualdades e os desafios sociais da atualidade.

Vida e Obra

Nascido em Paris, Castel se formou em sociologia e filosofia. Em seus primeiros trabalhos, ele se dedicou à análise das transformações do mundo do trabalho na França pós-guerra. Sua obra mais conhecida, A Grande Metamorfose do Trabalho: Salariados, Precários, Excluídos (1995), examina a fragmentação do trabalho e o surgimento de novas formas de precarização laboral.

Castel também se dedicou ao estudo das políticas sociais e de seus impactos na vida das pessoas excluídas. Em A Estrutura do Desemprego: O Rastreio das Desestabilizações (1995), ele analisa as diferentes formas de desemprego e suas consequências sociais. Já em Metamorfoses da Questão Social: Uma Crônica da Salvação do Estado (2002), ele investiga as transformações das políticas sociais e o papel do Estado na gestão da pobreza e da exclusão.

Influência na Teoria da Exclusão Social

As ideias de Castel tiveram um impacto significativo na teoria da exclusão social. Sua análise da fragmentação do trabalho, da precarização laboral e das novas formas de pobreza contribuiu para a compreensão das desigualdades e dos desafios sociais da atualidade.

Conceitos-chave

Alguns dos conceitos de Castel que mais influenciaram a teoria da exclusão social são:

  • Precarização: A perda de direitos e garantias sociais, que torna os trabalhadores mais vulneráveis e expostos à exploração.

  • Desestabilização: O processo de fragmentação do trabalho e da vida social, que leva à perda de referências e à desorientação dos indivíduos.

  • Gestão da pobreza: As políticas sociais que visam controlar e gerenciar a pobreza, em vez de combatê-la e promover a inclusão social.

  • Zona cinzenta: A área entre a inclusão e a exclusão social, onde se encontram indivíduos que estão em situação de vulnerabilidade e risco de marginalização.

Contribuições para a Compreensão da Exclusão Social

A obra de Robert Castel contribuiu para a compreensão da exclusão social como um fenômeno complexo e multifacetado, que não se limita à pobreza material. Sua análise das diferentes formas de exclusão, como a exclusão laboral, social e política, forneceu ferramentas valiosas para o debate sobre as desigualdades e os desafios sociais da atualidade.

Conclusão

Robert Castel foi um sociólogo fundamental para o desenvolvimento da teoria da exclusão social. Sua obra, marcada por uma análise crítica das transformações do mundo do trabalho e das políticas sociais, continua a ser uma referência importante para a compreensão das desigualdades e dos desafios sociais da atualidade.


 

Para saber mais:


Para saber mais clique aqui

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page